Isto foi o que o Papa disse sobre encontro de Donald Trump e Kim Jong na Coreia do Norte


01/07/2019 - 11:40

Após a oração do Ângelus no domingo, 30 de junho, o Papa Francisco falou sobre o encontro histórico na Coreia do Norte entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente norte-coreano, Kim Jong-un,  e rezou para que este gesto constitua um passo "no caminho da paz", não somente naquela península, mas "em favor do mundo inteiro".

"Nas últimas horas, testemunhamos na Coreia um bom exemplo de cultura do encontro. Saúdo os protagonistas, com a oração a fim de que tal gesto significativo constitua um passo ulterior no caminho da paz, não somente naquela península, mas em favor do mundo inteiro", expressou o Santo Padre.

Boas férias

Além disso, o Pontífice dirigiu uma mensagem especial antes de iniciar o período de descanso previsto para o verão. "Neste último dia de junho desejo que todos os trabalhadores tenham um período de descanso durante o verão, que possa beneficiar a eles e a suas famílias", afirmou o Papa.

Após a intensa onda de calor que atingiu a Itália e outros países europeus, o Papa Francisco expressou que reza "por todos aqueles que, nestes dias, sofreram, principalmente, com as consequências do calor: os doentes, os idosos, as pessoas que têm que trabalhar ao ar livre, nas obras..." e exclamou: "Que ninguém seja abandonado ou explorado!".

Ao concluir, o Santo Padre também dirigiu sua saudação a todos os presentes na Praça de São Pedro, no Vaticano, "romanos e peregrinos: famílias, grupos paroquiais e associações".

"Desejo a todos um feliz domingo. Por favor, não se esqueçam de rezar por mim. Bom almoço e adeus", concluiu.



Ultimas Matérias
Presidência da CNBB emite nota sobre o vazamento de óleo no litoral Nordestino
Papa na Catequese: abrir o coração e se deixar tocar pelo Espírito Santo
Solenidade de Todos os Santos
Dia dos Fiéis Defuntos
Chá Beneficente da Casa Abrigo será dia 10/11
Veja Mais